Caros Bridgistas, 

Como já muitos saberão cedi recentemente a minha posição accionista no CBL, terminando um período de mais de 14 anos à frente do clube.

Foi uma experiência que nunca esquecerei e que me fez crescer bastante em termos pessoais.

Na hora de saída ocorre-me essencialmente fazer agradecimentos : 

a) A todos aqueles que ao longo dos anos têm frequentado o CBL, é a eles que se deve a continuidade do clube ano após ano.

b) Aos empregados do presente e do passado cuja dedicação muitas vezes superou o que seria expectável numa relação laboral.

c) Ao Manuel Capucho que em 2004 me proporcionou a realização de um sonho de juventude que era poder gerir o CBL, e agora ao Fernando Fonseca Santos que me permitiu dar  um novo rumo à minha vida e a quem desejo mais à sua equipa as maiores felicidades sabendo que poderão sempre contar com a minha colaboração na continuação da história do CBL que já vai em 56 anos.

Não caberá a mim fazer o balanço destes 14 anos, acreditem apenas que tentei dar o melhor de mim, colocando muitas vezes os interesses do clube à frente dos meus.

Peço desculpa pelos erros cometidos, tive que tomar 1001 opções e decisões e nem sempre fui feliz num misto de inexperiência nos primeiros anos e das minhas proprias limitações.

Em termos pessoais planeio fazer uma pausa para descanso e reflexão sobre os próximos passos da minha vida profissional  que deverão em princípio ficar relacionados com o ensino do bridge.

Termino com 2 agradecimentos especiais : 

a) A quem me ajudou quando mais precisei.

b) A todos os meus alunos ao longo destes anos, o seu interesse pelo jogo desde o primeiro dia, os esforços para progredir, e a sua posterior integração na vida do clube  ou mesmo nas competições oficiais, foram o meu maior incentivo nos momentos complicados e a principal recordação que trarei deste período da minha vida.

Saudações bridgísticas

Pedro Durão